O que é aerodispersóide?

Por:

Poluem o meio ambiente e os locais de trabalho e a melhor opção é a prevenção e o controle.

Aerodispersóide é um conjunto de partículas ou gotículas que se encontram na atmosfera ou ambiente de trabalho e ficam pelo ar. Estas partículas vem de minerais ou vegetais e se transformam em poeira e também são provenientes de materiais líquidos como combustíveis e diversas substâncias químicas, também fumaça e fumo fazem parte deste conjunto.

Estas partículas possuem tamanhos microscópicos por este motivo ficam suspensas no ar. Estas partículas poluem o ar ou ambiente de trabalho e prejudicam a saúde dos seres vivos e também destroem a natureza.

O que é aerodispersóide?

Através destas partículas quando se transformam em poeira podem causar doenças respiratórias e alérgicas para os homens e animais. Os gases podem causar intoxicação também nas plantas.

Os aerodispersóides são identificados através do cheiro, odor, perfume e de aparelhos que coletam as amostras.

Lugares fechados e com produtos químicos possuem vários aerodispersóides podendo levar a morte.

Este termo é definido pela Portaria n.º 25, e pela redação da NR-09 e são consideradas todas as substâncias que penetram no organismo através das vias respiratórias como poeiras, fumos, neblinas, gases ou vapores e que são absorvido através da pele ou por ingestão.

Um exemplo é o uso de tintas á base de chumbo, sua inalação como causar doenças como o saturnismo que é o nome dado pela intoxicação pelo chumbo.

A poeira pode ser gerada através de escavações, serviços de lixamento, explosões e perfurações. Os fumos podem ser metálicos e são provocados no momento que o metal é aquecido o que acontece nos processos de soldagem das empresas. O vapor no ar vira o fumo.

As empresas devem participar do Programa de Proteção Respiratória através da Instrução Normativa da Portaria 3214/78 do MTE. Este programa é obrigatório para as empresas onde estão presentes os aerodispersóides e que prejudicam à saúde do funcionário.

Este programa tem como objetivo o uso correto de protetores das vias respiratórias dos funcionários envolvidos com aerodispersóides, névoas, fumos, radionuclídeos, neblina, fumaça, vapores, gases e que prejudicam o pulmão, traqueia, fossas nasais e faringe.

Os protetores são usados em casos de emergências.

Então estes aerodispersóides podem provocar fibrose pulmonar que é uma doença pulmonar ocupacional.

Também causam bissinose (inalação da poeira do algodão) e bagaçose (inalação do pó do bagaço da cana-de-açúcar).

Os trabalhadores que estão expostos aos aerodispersóides devem ser submetidos a raio x do tórax e espirometria regularmente. Também é muito importante o treinamento dos funcionários para utilizar os equipamentos de segurança e guardá-los em locais limpos.

Deixe uma resposta