Saúde e Bem Estar

O que é Akabane?

Esta técnica pode ser usada para melhorar várias doenças e traz resultados positivos.

Akabane é um tratamento japonês que utiliza agulha. É pouco conhecido no Brasil e foi criado pelo acupunturista japones Kobei Akabane que introduziu esta nova técnica para inovar e otimizar uso da acupuntura.

Publicidade

akabane

Dentro da acupuntura os métodos mais usados são o do Ryodoraku e o do Akabane. Kobei Akabane estuda e pesquisa desde 1950 e descobriu que os pontos Ting possuem tolerâncias térmicas.

O processo original consiste no acupunturista segura o incenso em uma das mãos, ele vai aproximando e afastando o incenso do ponto Ting, sempre por cima da unha.

Publicidade

Quando a sensação de calor começar o paciente avisa então o profissional para a medição neste ponto, que pode ser nos dedos. O ponto Ting do meridiano do Rim fica na planta do pé.

Quando o paciente perdeu os dedos ou parte do membro, a leitura é feita no meridiano da bexiga usando um cartão perfurado.

Nos anos 70, existia o Spot Termometer, este equipamento tinha uma ponta aquecida eletricamente e facilitava a medição. Atualmente alguns acupunturistas que utilizam um aparelhos chamado de Eletroacupuntura de Voll.

Quando ocorre um desequilíbrio de um meridiano, o lado menor tolerância térmica, é o lado chamado de Iang, o com maior tolerância térmica é conhecido como In.
De acordo com Akabane, o lado direito e o lado esquerdo do corpo estão interligados, então quando agimos em um dos lados os dois ficam em harmonia.

Então este ponto é tonificado com uma agulha intradérmica ou pela agulha tradicional. Depois disso é realizada uma avaliação para verificar como estão os pontos e se realmente estão em equilíbrio.

Para conseguir o equilíbrio é necessário sedar o ponto mais sensível do meridiano ou do ponto de assentimento.

As agulhas intradérmicas são curtas e apresentam uma cabeça achatada. A agulha é introduzida na derme e presa por um esparadrapo. Neste momento é provocado um estímulo contínuo e eficiente.

Para que a terapia funcione é necessário que o paciente relate o momento que começar a sentir calor forte.

A única desvantagem desta técnica é que ela é muito trabalhosa e despende mais tempo.

Quando o paciente está com alguma doença, os meridianos superiores ficam mais sensíveis, somente em caso de depressões não ficam sensíveis.

Outro tipo de agulha são as HINAISHIN que possuem 3 a 6mm de comprimento, são de aço e fixadas com esparadrapo.

Podem ser usadas em várias doenças como nos casos de bursite, contusões, espinhas, cistos ou tumores, e cicatrizes.

Publicidade

Deixe uma resposta