Saúde e Bem Estar

O que é amaxofobia?

Saiba mais sobre o medo de dirigir.

Amaxofobia é o termo utilizado para as pessoas que tem medo de dirigir. Esse medo precisa ser visto como algo irracional e não um nervosismo pequeno que qualquer um pode ter. Pessoas com esse tipo de fobia ficam muito ansiosas só ao pensar em dirigir, causando um grande estresse, muita angústia, nervosismo, ansiedade e suor.

Publicidade

Segundo a Organização Mundial de Saúde 6% da população brasileira sofre desse mal, que acomete principalmente as mulheres.

O que sentem

Pessoas com esse tipo de fobia possuem pensamentos catastróficos sobre o ato de dirigir. Antes de entrar no carro já pensam que tudo vai dar errado, que um acidente irá acontecer, que irá bater em alguém ou mesmo matar pessoas.

Publicidade

Estas pessoas, em geral, são muito nervosas e tem dificuldades para dormir, além de taquicardia, tremores e pensamentos negativos. O grau de ansiedade pode variar de pessoa para pessoa.

São características pessoais delas: emotivas, não sabem lidar com críticas, querem tudo perfeito, pensam que não podem errar e evitam a todo o custo atitudes que possam atrapalhar as outras pessoas.

Para solucionar isso, quando não procuram ajuda, estes motoristas dirigem apenas em algumas poucas estradas e ruas que tenham total domínio ou então simplesmente deixam de dirigir.

Este tipo de fobia é completamente debilitante ao paciente pois faz com que ele restrinja seu acesso a poucos locais, não se deslocando ou na pior das hipóteses, fazendo com que ele se isole dentro de casa.

Causas

Este tipo de fobia, na grande maioria das vezes, é proveniente de uma combinação de eventos externos, como algum trauma na infância, ou mesmo na idade adulta. Pode ter acontecido, por exemplo, do paciente ter presenciado um grave acidente de trânsito ou ter algum familiar envolvido nesse tipo de acidente.

A quem recorrer

É importante saber que esse tipo de medo ou fobia é um problema da mente e deve ser tratada dessa forma.

A terapia comportamental pode ajudar nesse processo, pois ela irá expor aos poucos o paciente a situação que ele sente medo, de forma que ela vá diminuindo até que ela possa ser superada.

Em situações mais graves pode ser necessário o tratamento medicamentoso, nesses casos o psiquiatra irá avaliar quando isso for necessário. Em geral, apenas a psicoterapia é suficiente para que o paciente possa superar estes medos. Como esta fobia está relacionada a uma excessiva ansiedade, o tratamento é parecido para outros casos de ansiedade, na qual são medicados ansiolíticos.

Publicidade

Deixe uma resposta