O que é Aneurisma Cerebral?

Por: Ananda Manica

O Aneurisma cerebral ocorre quando uma artéria cerebral se dilata de forma anormal, podendo ocorrer à ruptura e o possível enfraquecimento desta mesma artéria e quando isto ocorre é que se iniciam os sintomas, podendo causar até derrame.

O que é Aneurisma Cerebral?

Diversas causas podem resultar em um aneurisma cerebral, existem pessoas que nascem com ele, e no decorrer de sua vida ele aumenta de tamanho, existem também pessoas que o desenvolvem devido a fatores genéticos ou devido a outras doenças, como: diabetes; doenças cardíacas; pressão muito alta; colesterol ou triglicerídeos alterados; o hábito de fumar e etc.

Os sintomas mais comuns do aneurisma são: dor nos olhos ou visão dupla; fraqueza; pálpebra caída; dilatação da pupila; vômitos; convulsões; cefaléia; perda subida de consciência. Em alguns pacientes, pode ocorrer também uma perda progressiva da visão, se houver uma compressão do nervo óptico através do aneurisma. Diversos sintomas apontam que algo está errado com o paciente, é importante ficar atento a todos estes sintomas e procurar um especialista o mais rápido possível, evitando assim um maior comprometimento da saúde.

Se o aneurisma cerebral for pequeno e não causar danos ao paciente e estiver em um local que não afete a saúde, ou traga maiores problemas, não há a necessidade de tratamento imediato, porém o paciente deve sempre ficar de olho nele através de consultas e exames para ter certeza que o mesmo não está lhe prejudicando ou trazendo outros problemas. Já em um aneurisma maior, que acaba se rompendo no cérebro, trazendo um sangramento e possível derrame, é imprescindível o tratamento o mais rápido possível. Em casos graves o tratamento consta de intervenção cirúrgica , que pode ser considerada arriscada, dependendo da localização deste aneurisma. Os principais meios de se tratar um aneurisma são: Tratamento endovascular ( onde e introduzido um cateter até o aneurisma para bloqueá-lo); Onyx ( é um novo material produzido para o tratamento de aneurismas, que consiste em um líquido, que se solidifica no interior do aneurisma, que substituirá as molas de platina).

Deixe uma resposta