Ciência e Matemática

O que é aquicultura?

Esta tecnologia auxilia na pesca e incentiva a população a consumir um alimento mais saudável que é o peixe e os frutos do mar.

Aquicultura é a ciência que estuda o cultivo de peixes, crustáceos como por exemplo camarão e lagosta, moluscos como o polvo e a lula, algas que vivem em ambientes aquáticos.

Publicidade

O profissional desta área também trabalha com o manejo, reprodução e nutrição de peixes ornamentais, jacarés, rãs e camarões. Utiliza a tecnologia para a criação em tanques, açudes e lagoas. Participa da área industrial e comercial e até mesmo na distribuição dos produtos para o consumidor.

Existem dois métodos para produção de peixes, o tanque-rede, que são parecidos com gaiolas e ficam na água de rio, lago ou mar. Também existe o tanque escavado que é um reservatório de água cavado no solo.

Publicidade

A aquicultura também foi usado no tempo antigo até mesmo por chineses e egípcios aproximadamente quatro mil anos.

A aquicultura auxilia muito a pesca tornando um alimento barato além de preservar o meio ambiente.

Em 1960 a produção pesqueira nacional aumentou no Brasil, o governo também incentivou mais. Os “viveiros de peixe forma introduzidos pela colonização holandesa no no litoral nordestino.

Em 1980 houve uma redução da produção da pesca então o Brasil precisou desenvolver projetos comerciais na área esportiva como o pesque-pague, na Região Sudeste. O país enfrentou problemas como a falta de investimentos e tecnologia, mas consegui prosseguir.

Então no ano de 1990 o Brasil começou seu avanço na aquicultura, através espécies exóticas e pescas realizadas pela iniciativa privada. Também aumentou o cultivo de ostra e mexilhões em Santa Catarina. No Brasil segundo o Ministério da Agricultura em 1997 foram cultivadas 40 mil toneladas de peixes e camarões.

O Brasil tem muitas vantagens para a aqüicultura, pois tem 8.400 Km de costa marítima, 5.500.000 ha de reservatórios de água doce e além disso a mão-de-obra é barata.

Também possui uma variedade de peixes, em torno de 3.000 espécies como Dourado, Jaú, Matrinxã, Piau, Pintado, Pirarucu, Jundiá.

Em 2012 foi aprovado o Plano Safra da Pesca e Aquicultura o que ajudou a melhorar a vida dos 400 mil pescadores que vivem abaixo da linha da pobreza além de propiciar ao brasileiro consumir uma proteína saudável. O plano ajudou a estimular a exportação do produto além de incentivar o uso de melhores tecnologias.

Publicidade

Deixe uma resposta