Curiosidades

O que é Cientologia?

Criada nos anos 1950, a Cientologia tenta unir crenças religiosas a princípios da psicologia.

A Cientologia foi criada em 1952, por Lafayette Ronald Rubbard, mais conhecido por L. Ron Hubbard, escritor norte-americano de ficção científica e autoajuda. Anos antes, ele havia lançado o livro “Dianética: a Moderna Ciência da Saúde”. A dianética tenta explicar os efeitos da ação da mente sobre o corpo, com técnicas para aliviar o estresse, eliminar medos irracionais e tensões e aliviar emoções indesejadas.

Publicidade

O livro foi um sucesso, tendo sido traduzido para mais de 50 idiomas. A dianética está intimamente associada à Cientologia: ambas são subordinadas à Church os Scientology Internacional. Além disto, vários conceitos da religião são expressos na obra.

De acordo com a Cientologia, há 75 milhões de anos, vários planetas reuniram-se numa federação de galáxias, comandada pelo líder Xenu. A federação sofria com problemas se superpopulação e por isto alguns bilhões de habitantes foram enviados para a Terra e precipitados em crateras de vulcões ativos e mortos com bombas nucleares. Os espíritos destes seres foram capturados pelo ambiente terrestre e deram origem aos primeiros seres humanos.

Publicidade

Os ministros da Cientologia afirmam ter boas relações com outras religiões, como Cristianismo e Budismo, inclusive tendo treinado monges nas práticas de meditação e oração com técnicas da dianética. A informação, no entanto, nunca foi confirmada por fontes externas a esta religião.

A Cientologia acredita que os seres humanos são imortais e passam por diversas experiências reencarnatórias, mas é preciso “limpar a mente” dos traumas vivenciados, para se desenvolver mentalmente. No início das práticas religiosas, era usado um instrumento para avaliar os obstáculos espirituais dos participantes.

O eletropsicômetro (ou e-meter) não eliminava os comprometimentos: apenas os diagnosticava, enquanto os ministros levavam os fiéis à superação, através de aulas, exercícios e sessões de aconselhamento. O aparelho foi abandonado porque seu inventor, Volney Mathison, entrou numa disputa judicial com Rubbard pelos direitos de produção e venda.

No Brasil, a Cientologia chegou em 1994, mas não conseguiu reunir muitos adeptos. A Venezuela é o país sul-americano com o maior número de fiéis, e chega a exportar palestrantes para países vizinhos. Um destes oradores veio ao Brasil em 1995, mas só usou o termo cientologia nos minutos finais da reunião. Os participantes não sabiam que se tratava de uma reunião religiosa: foram convidados para conhecer as técnicas alternativas da dianética.

Nos EUA, a Cientologia sofre centenas de processos criminais, por delitos que vão de fraude fiscal a chantagem. Isto, no entanto, não impede que vários famosos americanos pronunciem-se oficialmente como cientólogos. Tom Cruise, Juliette Lewis e John Travolta integram a lista.

Publicidade

Deixe uma resposta