Saúde e Bem Estar

O que é cinetose?

Doença que afeta milhões de brasileiros, a cinetose prejudica a qualidade de vida.

Cinetose é uma doença caracterizada pelas náuseas, enjoo e desconforto, quando o indivíduo utiliza qualquer meio de transporte, ou faz movimentos bruscos e inusuais. Em ambos os casos, o motivo é a perturbação do sistema vestibular (conjunto de órgãos do ouvido interno, responsável pelo equilíbrio do corpo).

Publicidade

Os enjoos não são os únicos sintomas da cinetose. Podem ocorrer perda de equilíbrio ou da noção de profundidade (como se a pessoa enxergasse em duas dimensões, o que dificulta a leitura e o acompanhamento de um programa de TV), falhas da memória, sudorese excessiva, nistagmo (caracterizado por oscilações involuntárias de um ou ambos os olhos, que podem ser causadas por labirintite, catarata hereditária, albinismo e desordens neurológicas), palidez súbita e cansaço.

Em viagens marítimas muito longas, é comum, para todas as pessoas, sentir a sensação de movimento mesmo depois do desembarque. O vestíbulo precisa de um tempo para se adaptar às novas condições. É o mesmo fenômeno que provoca vertigens em locais muito altos.

Publicidade

As causas

A cinetose é provocada por perturbações no reconhecimento do movimento, já que, num meio de transporte qualquer, o corpo está parado, mas o sistema vestibular entende que o ambiente está em movimento, gerando conflito de informações pelo cérebro e o consequente desequilíbrio físico.

A cinetose é mais comum em crianças, especialmente as meninas, mas há relatos de que o mal se instalou na vida adulta. Crianças com este problema normalmente ultrapassam-no a partir da puberdade.

A doença surge quando o cérebro recebe informações desencontradas da visão, audição interna e propriocepção (capacidade de reconhecer a localização especial, através de receptores sensitivos, localizados na pele, músculos, tendões e articulações). Estas três vias de comunicação geralmente trabalham em sinergia, mas quem sofre de cinetose envia para o cérebro informações desconexas, que indicam imobilidade e movimento ao mesmo tempo.

Mesmo em bicicletas ergométricas e esteiras, os indivíduos por cinetose podem sentir os sintomas. Programas de TV e videogames (principalmente quando o jogador se sente incluído, como nas corridas de carro virtuais) podem disparar a cinetose, que sempre ocorre com a sensação de movimento intenso, real ou imaginário; mas existem casos de pacientes que só revelam os sintomas algumas horas depois do motivo que prejudicou a cinetose ter sido gerado – como andar de ônibus, carro ou mesmo elevadores panorâmicos.

O tratamento

Os sintomas da cinetose são comuns a muitas outras doenças e, por isto, o diagnóstico costuma ser difícil. A otorrinolaringologia é a especialidade médica que identifica o mal e estabelece o tratamento mais adequado. O uso de atropina (droga derivada da planta beladona) é geralmente indicado, além de outros medicamentos antieméticos, para atenuar os sintomas.

A terapia de reabilitação vestibular é o método mais utilizado por fisioterapeutas e fonoaudiólogos para tratar a cinetose (e também a labirintite), que consiste numa série de exercícios para estimular o vestíbulo e tornar seus reflexos mais rápidos.

Formas de prevenção

Para evitar ou minimizar os sintomas, quem viaja num carro ou ônibus deve se sentar na frente ou próximo a janelas, que devem estar abertas. Em aviões, ao contrário, o melhor e sentar-se junto ao corredor. Em trens ou no metrô, é preciso acomodar-se de frente para o destino ao qual o vagão se desloca, evitando ficar de costas.
No trajeto, é preciso fixar paisagens mais distantes, sempre à frente dos próprios olhos (as miradas para os lados aumentam os sinais). É preciso evitar a leitura e o uso de tablets ou laptops. Evitar cartazes muito coloridos e outdoors eletrônicos também ajuda.

Alimentos condimentados, bebidas alcoólicas e excessos alimentares são contraindicados. Mas quem sofre com a cinetose precisa viajar apenas depois de um lanche: com o estômago vazio, o organismo começa a se preparar para ser nutrido, produzindo os sucos da digestão, fato que aumentará os enjoos e dificuldades visuais.

Publicidade

Deixe uma resposta