Animais

O que é Coprofagia Canina?

Coprofagia canina é o ato de ingerir as fezes, que alguns cães apresentam. Há diversos relatos de casos onde a queixa dos proprietários é grande.

Publicidade

As causas podem ser de origem clínica ou comportamental. Algumas causas são: deficiência metabólica, contextuais/ambientais e outras.

Em relação a deficiência metabólica, um dos fatores pode ser a deficiência alimentar, pois as fezes podem ser fontes de enzimas digestivas, proteínas, gorduras e vitaminas do complexo B. Distúrbios digestórios como verminose, deficiência de enzimas pancreáticas (tripsina), pancreatite crônica e síndrome de má absorção podem também ser causas. Outra questão são as sobrecargas do sistema digestório como: alimentação desbalanceada, excesso de nutrientes, dietas ricas em carboidratos e fibras.

Publicidade

Nas causas contextuais/ambientais, temos: a cadela recém-parida consome as fezes dos filhotes para manter o ninho limpo e não atrair predadores; ansiedade: estresse, tédio, distribuição errada do espaço de ocupação; cães em canis públicos; punições excessivas e/ou mal aplicadas; chamar a atenção do proprietário.

Outra causa pode ser adaptativa, manifestando-se aproximadamente aos 6-8 meses de vida ou por predisposição racial, nos casos das raças Lhasa Apso e Shih Tzu.

As fezes de herbívoros são ricas em nutrientes de origem vegetal parcialmente digeridos, podendo também ser causa de coprofagia (cães ingerindo fezes de herbívoros).

Quanto ao tratamento, deve-se tratar as patologias quando confirmadas (endócrinas, pancreáticas ou gastroentéricas) e suspender qualquer droga que possa causar polifagia (fome). Corrigir as deficiências dietéticas e diminuir o acesso às fezes mediante remoção imediata destas.

A utilização de leveduras como probióticos, favorece o equilíbrio intestinal, auxiliando a ingestão e absorção adequadas de nutrientes pelo organismo do animal, sendo fundamental e eficaz em 90% dos casos de coprofagia.

Existe no mercado um medicamento veterinário que deixe as fezes do cão com um gosto amargo, evitando que ele as ingira, mas para isso é necessário solicitar a orientação de um médico veterinário.

Publicidade

Deixe uma resposta