O que é Corante?

Por: Ananda Manica

O corante é uma substância que possui como propriedade a fixação em corpos incolores, ou até mesmo já coloridos. Os corpos que mais comumente são utilizados corante são: madeira; papel, couro e etc. Antigamente para se colorir materiais utilizavam-se substâncias que eram extraídas da cochonilha e do índigo.

O que é Corante?

A cochonilha é um inseto hemíptero, da família dos Coccídeos, e é considerada nociva as plantações. Deste inseto é extraída uma matéria corante, denominado ácido carmínico. Trata-se de um glicosido que, quando aquecido com ácido diluído, se desdobra em açucares e em vermelho-de-carmim, que é solúvel na água e no álcool.

Já o índigo é uma planta da família das leguminosas, originária da Índia. Desta planta se extrai a matéria corante mais antiga que se conhece, dentre as de origem vegetal; trata-se de um azul profundo, bastante resistente a luz e ao sabão, denominado anil. Atualmente o anil é sintetizado pela indústria de anilinas, que são pigmentos corantes, em uma escala considerável. O anil sintetizado é um pó azul, que se solubiliza no banho de tingimento, estabilizando-se sob a influência oxidante do ar.

A anilina é matéria prima na indústria de corantes, foi descoberta em 1826.

Existem corantes que são denominados diretos especiais, pois não tingem diretamente as fibras de celulose. Os corantes de cuba são aqueles que são empregados em forma reduzida, solúvel, para depois sofrer oxidação, geralmente por influência do oxigênio do ar, e aderir permanentemente à fibra. Os corantes de revelação são os que se sintetizam na fibra, sendo esta mergulhada primeira numa solução, e depois em outra; as duas soluções reagem, originando a cor. Há corantes que necessitam de um determinado suporte para se fixarem as fibras, este suporte denomina-se mordente.

Os grupos químicos de corantes mais importantes são os dos azocorantes, que são derivados da antraquinona, os corantes derivados do trifenilmetano e as ftaleínas.

Deixe uma resposta