O que é diplomata?

Por:

É uma função do governo considerada complexa e desafiadora, mas bem interessante.

O diplomata é o profissional que representa o seu país diante de outros governos e outras nações. O diplomata acompanha negociações internacionais e cuida das relações exteriores de um país. Este profissional trata de assuntos como paz, segurança, normas de comércio e relações econômicas e financeiras, direitos humanos, meio ambiente, tráfico de drogas.

O que é diplomata?

O diplomata precisa conhecer a cultura dos outros países e também das relações internacionais. Também é necessário dominar a língua inglesa. Ter conhecimento em outros idiomas também melhora o currículo e facilita o trabalho. Este profissional também necessita ter responsabilidade, disciplina, habilidade para lidar com as pessoas, agilidade, raciocínio rápido e capacidade de organização, são qualidades essenciais para atuação. Por isso muitas vezes ouvimos esta pessoa é diplomático. O adjetivo é usado para quem tato, astúcia e discrição na vida particular, qualidades parecidas com as do diplomata.

Para atuar precisa de um diploma de graduação em algum curso superior. O candidato precisa ser aprovado no Concurso de Admissão do Instituto Rio Branco (IRBR). O primeiro cargo é Terceiro-Secretário, e depois vai avançando pata Segundo-Secretário, Primeiro-Secretário, Conselheiro, Ministro de Segunda Classe e Ministro de Primeira Classe (Embaixador). Também passa por um treinamento rigoroso com cursos, palestras, workshps, estágios obrigatórios. Depois Após dos dois primeiros anos de carreira é que o diplomata pode exercer em postos no exterior. O salário é um dos atrativos da profissão pois o salário inicial é de R$ 10.900,00. Em concursos anteriores chegou a ter 82 candidatos por vaga.

O profissional trabalha em Brasília no Itamaraty e também fora no exterior e a jornada de trabalho é integral e mesmo quando há um intervalo para o almoço aproveita para dar uma olhada nas manchetes do jornal para se manter atualizada.

O profissional também colhe as informações para a política exterior de Brasil, participa de conferências e reuniões internacionais, protege os cidadãos brasileiros no exterior e divulga a cultura do Brasil no exterior.

O mercado de trabalho é bem amplo pois o Brasil está participando casa vez mais do cenário mundia, além está aumentando também as mudanças nas relações internacionais.

A diplomacia surgiu na Antigüidade clássica. As primeira atividades registradas foram de funcionários enviados pelo papa ou por outros funcionários da Igreja que partiam com a finalidade de negociar com Bizâncio. Os procuradores também eram diplomatas. A diplomacia moderna surgiu na Itália, porém ficou mais conhecida em 1815, no Congresso de Viena e regulamentada pelo art 16 da CVRD, no século XX.

Deixe uma resposta