O que é doping?

Por: hiper

Provavelmente você viu na TV inúmeros casos de atletas pegos no exame antidoping, mas talvez não saiba muito bem o que é exatamente considerado doping. Leia esse artigo com atenção e descubra. Podemos definir o doping como o uso de substâncias naturais ou sintéticas com o objetivo de melhorar o desempenho em atividades esportivas competitivas.

 O que é doping?

O doping possui diferentes grupos de substâncias que são proibidas para atletas em competições. Veja abaixo os grupos proibidos:

Narcóticos como, por exemplo, codeína, morfina e outras substâncias que alterem o organismo.

Estimulantes que podem ser efedrina, anfetamina, pseudoefedrina. Essas substâncias tornam os reflexos mais rápidos o que não é justo se considerarmos que os outros competidores não contarão com essa ajudinha.

Diuréticos como furosemide e hidroclorotianizícos, qualquer tipo de redução tem de peso tem que ser natural. Esse tipo é comum no boxe antes da pesagem.

Hormônios e peptídeos como hormônio do crescimento.

Betabloqueadores como atenol e propranolol.

Agentes anabólicos como testosterona e nandrolone.

O doping pode acontecer de maneira não proposital, ou seja, quando um atleta toma um remédio ou então usa algum produto que contém a substância proibida e não sabe que está ingerindo algo contra as regras. O exame antidoping é feito através da urina dos competidores que é colhida durante a competição.

A vida de atleta não é fácil e na hora de se medicar eles precisam tomar cuidado para não acabar ingerindo o que não se deve. Outro ponto importante de destaque em relação a essas substâncias do doping é que elas são bastante perigosas no dia-dia das pessoas. Passe longe de qualquer uma delas.

Deixe uma resposta