Saúde e Bem Estar

O que é esquizofrenia?

Esquizofrenia é um transtorno do cérebro onde o doente perde a noção do que é real e o que é fantasia. A pessoa tem surtos psicóticos como alucinações e perda da realidade.

Publicidade

O início da doença é muita vezes confundido com a depressão e a síndrome do pânico, pois apresenta ansiedade, cansaço e taquicardia. A pessoa não consegue mais trabalhar, ir a escola ou praticar esporte e lazer. Quando a doença está mais avançada vê e ouve coisas que não existem, conversa com personagens de sua imaginação. Também há tentativa de suicídio e as pesquisas indicam que 50% dos pacientes tentam se matar e 15% consumam o fato. Outro sintoma é rir sem motivo e sem controle.

A esquizofrenia foi descoberta no final do século XIX pelo psiquiatra alemão Emil Kraepelin e foi denominada Demência Precoce, pois os doentes lembravam os idosos com a Doença Alzheimer. Somente no século XX é que um psiquiatra suíço chamou de esquizofrenia.

Publicidade

Pesquisas revelam que 50% da doença tem causa genética, o restante são influencias do ambiente. No período de gestação a doença pode afetar o bebê e é causada por viroses, como rubéola ou herpes, desnutrição materna, gravidez indesejada ou depressão, complicações na gravidez ou no parto. Na infância ou adolescência, a causa são traumas, abuso sexual, uso de drogas ou experiências negativas.

O tratamento pode ser realizado com medicamentos antipsicóticos que aliviam os sintomas, em poucos dias as alucinações amenizam. O medicamento pode provocar sonolência e tontura, por isso é importante o acompanhamento médico.

O esquizofrênico precisa de todo o apoio da família para sentir-se forte e lutar contra a doença. Precisa também de apoio psicológico para conseguir ter um vida normal e voltar a sociedade, ter um família, um emprego ou uma atividade que lhe traga motivação e vontade de viver.

Publicidade

Deixe uma resposta