Saúde e Bem Estar

O que é fibrose muscular?

Comum no meio esportivo onde vários jogadores já apresentaram essa lesão.

Fibrose é a formação ou desenvolvimento em excesso de em um órgão ou tecido apresentando formação de tecido fibroso. A fibrose muscular é a lesão que acontece geralmente com atletas principalmente no futebol e se desenvolve nos músculo da coxa e no reto femural. Muitas vezes ocorre em razão de traumatismos múltiplos, é uma cicatriz que acompanha o atleta pelo resto da vida e até afastar o atleta das competições. Quando ele vai alongar ou praticar o exercício pode sentir dor.

Publicidade

Depois de ocorrer a lesão começa uma reação inflamatória que pode ocorrer de 6 e 24 horas após o trauma. A cicatrização pode ocorrer de três dias a duas semanas, porém a recuperação total pode levar 60 dias.

Vários fatores podem influenciar para que a lesão seja provocada como idade, vascularização dos tecidos, nutrição, genética entre outros.

Publicidade

Nestes casos as células não conseguem se regenerar. Na maioria dos casos a lesão é leve e considerada de grau I , não apresenta sintomas graves e através de tratamento adequado o músculo consegue cicatrizar facilmente.

Nos casos mais graves que são o de grau II e III, as lesões se apresentam mais espessada, com fibras desorganizadas e com menos elasticidade. Na maioria dos casos o tratamento é através de fisioterapia que ajuda na recuperação, mas deve ser respeitado o tempo de cicatrização do tecido. Também é utilizado calor profundo, ultrassom e micro-ondas, laser, massagem e alguns tipos de exercícios.

O melhor nestes casos é a prevenção e o diagnóstico precoce para que seja possível podem evitar problemas mais graves. Recomenda-se fazer alongamento antes e depois dos exercícios pois auxiliam na preparação da musculatura e não treinar demais, quando sentir algo como uma fisgada no músculo interromper o exercício imediatamente.

Quando a lesão ocorrer pode ser realizado um tratamento com gelo local por um tempo de 20 minutos, 3 vezes ao dia, tomar anti-inflamatório ou relaxante muscular como ibuprofeno ou meloxicam e analgésicos como paracetamol. Depois de três dias iniciar a fisioterapia e na terceira semana podem ser realizados exercícios para o ganho de força muscular.

Logo que ocorrer a lesão deve ser evitado calor local, massagens e alongamentos nos primeiros dias também não são recomendados.

O atleta só poderá voltar a praticar o esporte quando estiver se recuperado bem e de forma gradativa. A melhor dica é quando sentir que algo está errado procurar ajuda de um especialista o mais rápido possível.

Publicidade

2 Comentários

  • Estou com com problemas no rompimento do adutor da virilha; estou a 5 meses tentando voltar a praticar esporte e nao consigo por causa das dores na região da virilha quando faço movimentos rápidos. Realizando fisioterapia será que consigo a voltar a fazer exercicios fisicos?

Deixe uma resposta