Saúde e Bem Estar

O que é Mediunidade?

Segundo os cientistas, o cérebro consegue interpretar a mediunidade, mas como exatamente, não sabem. Espontaneamente coisas ocorrem. A pessoa enxerga vultos, e até ouve vozes. Acontecendo com frequência não tem como negar o fenômeno mediúnico. Chegando o momento de reconhecê-lo e procurar viver da melhor forma.

Publicidade

Alguns brasileiros por acreditarem obter o dom de mediunidade procuram por casas e centros espíritas, onde encontram pessoas com histórias semelhantes. Então iniciam as trocas de ideias e entendem que o ocorrido é de fato o que suspeitava desde o início.

Algumas imagens, ou inspiração incansável de escrever podem surgir quando menos esperar. Para quem assistiu ao filme “Chico Xavier”, de Daniel Filho e à novela “Escrito nas Estrelas” de Elizabeth Jhin, pôde observar exatamente como acontece o momento.

Publicidade

Em algumas religiões, pessoas chegam a entrar em transe, considerado o momento da incorporação de um espírito. Mas na visão dos especialistas, trata-se de um momento de alteração da consciência, devido a um tempo de concentração. Algo como a hipnose.

A ciência tenta entender até hoje como funciona o processo dos rituais, a questão do transe e como o cérebro reage ao ter esse contato com os espíritos. Segundo o professor de medicina da espiritualidade, Sérgio Felipe Oliveira, a responsável pela interação do homem com os espíritos, é a chamada glândula pineal, uma glândula que fica bem no centro do cérebro produzindo um hormônio que regulamenta o sono, a chamada melatonina. Considerado um órgão sensorial com a capacidade de transformar ondas eletromagnéticas em estímulos neuroquímicos. Sendo entendido pela ciência, que as pessoas que recebem a mediunidade possam ter nesta glândula pineal maior quantidade de cristais de apatita. Quanto maior a quantidade, maior é a sua sensibilidade espiritual.

Publicidade

Deixe uma resposta