Artes e Cultura

O que é o livro 50 tons de cinza

50 tons de cinza é o mais atual best-seller da literatura mundial. O livro é um romance erótico e foi lançado em 2011 por EL James. A história do livro baseia-se em um ambiente erótico e sadomasoquista em um livro que é contado totalmente em primeira pessoa. 50 tons de cinza é considerado um “livro erótico para mães”, conforme foi declarado pela mídia especialista e segundo estatísticas, a cada 10 mães em Nova York, 9 estão lendo o livro.

Publicidade

A autora

Conhecida pelo pseudônimo EL James, Erika Leonard nasceu em 1963 em Londres, Inglaterra. Ela é mãe de dois filhos adolescentes e foi eleita uma das 100 pessoas mais influentes, segundo a revista Times.

Ela começou sua vida profissional como executiva de um canal de televisão. Hoje ela ainda vive em Londres, juntamente com seu marido Niall Leonard, roteirista e diretor, com o qual está casada desde 1987.

Publicidade

O enredo

Todo o enredo se passa na cidade norte-americana de Seattle, onde a jovem protagonista, uma estudante de literatura, Anastasia Steele, uma garota inexperiente, desajeitada e tímida vai entrevistar Christian Grey, um jovem empresário brilhante, rico e bonito. Após essa entrevista, ambos se relacionam mais profundamente e Ana descobre os diferenciados gostos eróticos de Grey. Ele acaba dominando-a completamente, tanto na cama quanto fora dela.

Nesse período ocorre a transformação daquela garota insegura que não se via com atrativos suficientes para conquistar um homem bonito e bem sucedido, mas que com o encontro, acaba se valorizando. O que ela procurou mesmo naquele momento foi desafiar seus próprios limites e os seus preconceitos. Ela aceita muita coisa durante esse relacionamento, mas o que ela procura mesmo é ser amada e isso acontece durante a história.

A linguagem

A escrita das cenas de sexo possuem um conteúdo muito explícito, com termos sexuais, algemas, chicotes e tudo que envolve a temática sadomasoquista. Uma das características da trama é que tudo isso acontece sempre com Ana não possuindo muita reação sobre essa situação, deixando-a se dominar completamente, o que acabou gerando conflitos com movimentos feministas. Mas em resumo o que o livro tenta trazer ao final é a mensagem de incentivo de que as mulheres explorem a sua sexualidade.

Ame ou odeie

É o típico livro em que os leitores ou amam ou odeiam, o que fez com que a obra se torna-se um completo sucesso de venda, só perdendo para Harry Potter. Várias produtoras já estão negociando para transformar o livro em filme.

Publicidade

Deixe uma resposta