Artes e Cultura

O que é Ofurô?

Ofurô significa banho de imersão em japonês. Esta palavra derivou-se do termo furô, que pode ser traduzido por banheira na língua japonesa . A tradição do banho quente de ofurô é muito antiga e é preservada desde os tempos mais remotos.

Publicidade

É caracterizado pelo seu formato bem mais profundo e curto do que uma banheira ocidental, permitindo a seu usuário tomar banho com o corpo em posição fetal – suficiente para que a água cubra os ombros de uma pessoa sentada. As formas mais comuns são redondo, oval, quadrado e retangular, podendo ser coletivos e individuais.

Inúmeros são os benefícios proporcionados pelo ofurô. As madeiras utilizadas em sua confecção possuem propriedades medicinais que em contato com a água proporcionam um banho relaxante, tranqüilizante e extremamente agradável, com um aroma sensacional . No Brasil, a madeira mais utilizada é a cedro-rosa. Existem alguns modelos feitos de acrílico, fibra de vidro e outros plásticos apropriados. Não se fazem de alvenaria, por questão de higiene.

Publicidade

Pode ser utilizado por mais de uma pessoa ao mesmo tempo. O objetivo não é lavar o corpo, pois quem entra num ofurô deve lavar-se e enxaguar-se previamente. Tomando banho em água fria e depois entrado com o corpo na água quente a pessoa terá um choque térmico, abrindo os poros da pele.

Os benefícios destes banhos para a saúde são grandes: relaxamento, que alivia estresse de toda natureza, limpeza de pele, reequilíbrio hormonal (pelo estímulo glandular causado pela água aquecida) e desintoxicação muscular.

Várias são as indicações terapêuticas para o uso do ofurô, como: problemas de pressão, insônia, celulite, pós-parto, pós-cirurgia estética, problemas ósseos, doenças articulares (artrites, artroses, reumatismos), dores musculares, durante regimes e tratamentos de emagrecimento.

A temperatura ideal para o banho é de 10ºC a 28ºC, aumentando o metabolismo e a imunidade além de tonificar a pele. Estas temperaturas somente devem ser usadas por pessoas que não apresentem problemas cardíacos nem hipertensivos.

Publicidade

Deixe uma resposta