Curiosidades

O que é pompoarismo?

Derivado do tantra, o pompoarismo é uma antiga técnica oriental para aumentar o prazer sexual.

O pompoarismo é uma técnica que consiste no relaxamento e contração dos músculos circunvaginais, visando ao aumento do prazer sexual, tanto do homem, como da mulher. Os exercícios são feitos com os ben-wa, ou bolinhas tailandesas (um cordão com bolas), introduzidos na vagina. Há referências sobre o pompoarismo no Kama Sutra, escrito entre 100 e 400 d.C.

Publicidade

A técnica foi criada na Índia e desenvolvida no Japão e Tailândia; nestes países, há espetáculos em que mulheres arremessam objetos, “fumam” e até abrem garrafas com os músculos vaginais. Na Tailândia, é considerado uma arte, e a tradição passa de mãe para filha. O valor do tradicional dote pago pelos noivos tailandeses varia de acordo com o domínio que as noivas têm sobre o pompoarismo (entre outras qualidades).

Na década de 1950, o ginecologista americano Arnold Kegel desenvolveu exercícios para mulheres com incontinência urinária. Em suas pesquisas, Kegel descobriu que a causa da anomalia era o funcionamento inadequado do músculo pubococcígeo. Incidentalmente, percebeu que a estimulação do músculo também favorecia os músculos genitais, em função de maior afluxo de sangue na região. Foi a comprovação científica do êxito do pompoarismo.

Publicidade

O pompoarismo surgiu como uma evolução dos exercícios tântricos utilizados no ritual do sexo sagrado, praticados por sacerdotisas indianas dedicadas à Grande Mãe, uma divindade ancestral, e estavam relacionados a cerimônias para aumentar a fertilidade. Com o tempo, expandiu-se e tornou-se popular.

Os exercícios incluem contrações vaginais, anais e dos glúteos, sucção vaginal e movimentação do períneo (conjunto de músculos situado entre o ânus e os genitais) em diversas posições (em pé, sentada, deitada, de cócoras, ajoelhada).

Podem ser feitos com ou sem as bolinhas tailandesas. Em 15 dias, percebem-se os primeiros resultados e em oito a mulher atinge o domínio da técnica. Antes de iniciar, é preciso conhecer o corpo: com ajuda de um espelho, a mulher deve apalpar a vagina e períneo, reconhecendo seus músculos.

Terapeutas sexuais indicam a técnica para mulheres com dificuldade de atingir o orgasmo e para casais que querem “apimentar” o relacionamento. A técnica estimula intensamente o clitóris. Com o pompoarismo, a mulher consegue “sugar” (imitar o sexo oral), “agarrar” (impedir a saída do pênis do parceiro). “expelir” (expulsar o pênis, mantendo apenas a glande da vagina), “torcer” (fazer o pênis girar, usando os anéis vaginais) e “guilhotinar” (apertar o pênis com força). Vários especialistas ensinam a técnica, com aulas particulares e em grupo.

Publicidade

Deixe uma resposta