Saúde e Bem Estar

O que é prisão de ventre?

Saiba o que é prisão de ventre, suas causas e como a alimentação pode influenciar nela.

A prisão de ventre é uma redução na produção de fezes e é definida quando a pessoa não consegue ir ao banheiro pelo menos três vezes durante a semana. O tratamento não é complicado e pode ser resolvido facilmente com uma visita a um médico clínico geral, que avaliará o caso. Porém, a prisão de ventre pode também indicar um problema mais grave de saúde e nesse caso você será encaminhado a um gastroenterologista.

Publicidade

A frequência de defecação varia muito de pessoa para pessoa. Enquanto alguns são capaz de ir ao banheiro fazer suas necessidades várias vezes ao dia, outros vão a cada dois dias, sem apresentar qualquer problema de saúde. Quando o indivíduo vai apenas 3 vezes na semana ou menos, é preciso começar a se preocupar. Um das características da prisão de ventre é ter as fezes duras e secas, além do fato de sentir a necessidade de defecar, porém, sem conseguir fazer isso.

Causas

Uma das principais causas da prisão de ventre está relacionada a uma má alimentação. Uma escassez de fibra na sua dieta pode fazer com que você desenvolva a prisão de ventre. Alguns medicamentos podem ter ela como efeito-colateral, portanto, caso você note que isso aconteceu com você, converse com seu médico para avaliar uma substituição de medicamento.

Publicidade

Existem causas mais graves que podem levar a essa obstrução intestinal, como um objeto estranho ou mesmo algum problema no intestino. Além disso, a prisão de ventre pode estar ligada a doenças como desidratação, lúpus ou diabetes.

Tratamento

O tratamento inicia-se sempre com uma entrevista ao paciente e exames físicos, como raio-x para descobrir o que está acontecendo com ele. A partir disso, os médicos podem pensar em um tratamento adequado com medicamentos, dietas ou até mesmo cirurgia em casos graves.

As fibras

Como uma das principais causas para a prisão de ventre é a falta de fibras, a dieta de pessoas que sofrem desse mal deve ter um reforço nas fibras. Nesse caso baseie sua alimentação consumindo pelo menos 3 frutas por dia, verduras, legumes e cereais integrais que são alimentos fontes de fibras.

Um ponto importante a ressaltar é o consumo da água junto com as fibras. As fibras não funcionam isoladamente e precisam de água para funcionar no nosso organismo, por isso é essencial que juntamente com as fibras você consuma pelo menos 8 copos de água diariamente, para que as fibras possam fazer efeito.

Publicidade

Deixe uma resposta