Tecnologia e Internet

O que é Second Life?

Second life é considerado por muitos um jogo e embora essa descrição não estar completamente errada, o mais correto é dizer que se trata de uma comunidade virtual, pois além de ser um jogo, dependendo da forma como ele é utilizado podemos dizer que é um simulador, um comércio eletrônico ou até mesmo uma rede social. Este simulador é completamente tridimensional, dando uma realidade ainda maior aos usuários. O Second Life consiste na criação de um avatar, que é um personagem que vai representar você neste mundo, e que se move nas cidades criadas pelos usuários, através de comando de mouse e teclado.

Publicidade

Este mundo virtual inclui inúmeros sons, barulho de vento, árvores balançando, riachos borbulhantes, conversas audíveis, além de bate-papo e mensagens instantâneas para conversa entre os membros, o que lhe dá uma proximidade grande com o mundo real. Além de todas estas características, os jogadores podem comprar imóveis, fazer negócios, criar objetos, participar de clubes, assistir aulas, enfim, toda atividade que você faria no mundo real, transplantado para o mundo virtual.

Oportunidade de negócio

Publicidade

Uma grande quantidade de dinheiro é deixada nesta comunidade, isso porque muitas empresas viram no second life uma oportunidade de lucrar. Neste mundo virtual, é possível que empresas e usuários vendam objetos e acessórios a outros usuários, inclusive muitos compram imóveis virtuais ou constroem eles e depois podem vender utilizando a moeda virtual ou mesmo real, através do uso de cartão de crédito, já que é possível comprar com seu cartão a moeda virtual utilizada no jogo.

Como exemplo do investimento de empresas, o “Wells Fargo Bank” comprou em 2006 uma ilha virtual no second life para que lá usuários pudesse utilizar virtualmente todos os serviços existentes no mundo real. Outras empresas investem oferecendo aulas virtuais, o que poupa muito dinheiro com taxas de viagem e hospedagem de seus funcionários por exemplo.

Outras possibilidades do Second Life

As atividades dentro da comunidade virtual são as mais variadas. Como vimos, a proximidade com o mundo real é bem grande, além das possibilidades de negócio o forte da rede social é a parte de entretenimento. Os moradores (jogadores) podem, por exemplo, participar de exposição de artes, apresentações de música e até teatro.

Todas essas possibilidades fazem com que não só empresas se juntem ao Second Life, mas também atraem a atenção de políticos, instituições de ensino como universidades e até mesmo governos investem nesse meio. Durante as eleições, muitos comícios virtuais foram realizados, aproveitando-se da força deste simulador.

Como tudo tem um lado bom e um lado ruim, a grande utilização deste meio virtual faz com que pornografia e atividades ilegais surjam. Para isso a comunidade oficial do jogo está constantemente em observação, para que o uso correto e saudável se faça presente.

Publicidade

Deixe uma resposta