Saúde e Bem Estar

O que é Sertralina?

Saiba o que é e para que serve a Sertralina, um medicamento que aumenta os níveis de serotonina no cérebro.

A sertralina é um medicamento distribuído comercialmente no Brasil pelos nomes Zoloft do laboratório Pfizer, Assert da Eurofarma, Tolrest da Aché, Serenata da Torrent e Novativ da Ativus. Assim como a fluoxetina e a paroxetina, a sertralina é um ISRS (inibidores seletivos da recaptação da serotonina). A sertralina é um antidepressivo, embora sua utilização não esteja restrita ao tratamento de depressão.

Publicidade

O uso deste medicamento foi aprovado em 1991, quando a empresa responsável por criar ele, a Pfizer, lançou o Zoloft no mercado. Atualmente a sertralina é vendida em comprimidos de 25mg, 50mg, 75mg e 100mg.

Quando é indicado o uso da sertralina?
A sertralina é indicada para tratar principalmente a depressão e ansiedade, mas também é utilizada para tratar TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), Transtorno do Pânico, Síndrome de Tensão Pré-Menstrual e Fobia Social.

Publicidade

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns em pacientes que fazem uso da sertralina é a boca seca, aumento da sudorese, tontura, tremor, diarréia, diminuição do apetite, insônia, dores estomacais e disfunção erétil (atraso na ejaculação).

Além disso, este medicamento nunca deve ser utilizado misturado com álcool. Muitas pessoas acham que ao misturar um medicamento com álcool simplesmente ele pode perder seu efeito, quando na verdade, essa mistura pode potencializar o efeito tóxico da medicação. O uso também é restrito a fumantes, pois a nicotina diminui a eficácia do medicamento. E por fim, mulheres grávidas e que estão amamentando não devem fazer uso da sertralina, pois há um elevado risco de malformação congênita associada a este medicamento.

Uso em crianças, adolescentes e idosos

Estudos comprovam que existe um grande risco quando a sertralina é administrada em crianças e adolescentes, que é o aumento de pensamentos suicidas. Portanto, quando este grupo fizer uso da sertalina, é preciso que haja um grande cuidado e que seja observado pelos responsáveis qualquer mudança comportamental, avisando imediatamente o médico quando avistado qualquer atitude suspeita.

Já em idosos, os efeitos colaterais são quase nulos, portanto é uma excelente alternativa de tratamento a idosos que sofrem de depressão, distúrbio do pânico ou ansiedade.

Qual a diferença entre sertralina, paroxetina e fluoxetina?

Não existem grande diferenças ao comparar diferentes tipos de antidepressivos. O que existe é uma diferença de como o corpo do paciente irá reagir ao medicamento, podendo um deles ser mais indicado para um paciente e para outro, com os mesmos sintomas, outro tipo de medicamento ser o mais indicado.

O que existe é uma diferença entre os efeitos colaterais e preço de um medicamento para outro. É importante ressaltar que a sertralina não está disponível na rede básica do SUS, apenas a fluoxetina.

Publicidade

Deixe uma resposta