O que é SISU?

Por: Amaury de Almeida Costa

A seleção para as universidades públicas criada pelo MEC aos poucos vai substituindo os vestibulares.

SISU é o Sistema de Seleção Unificada, criado pelo Ministério da Educação (MEC) , destinado à seleção de estudantes para instituições públicas de ensino superior. O SISU utiliza apenas a nota obtida pelo aluno no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) para a seleção.

O que é SISU?

Para se inscrever no SISU (são duas seleções a cada ano, no início de cada semestre), o aluno precisa ter feito o ENEM no ano anterior. A nota zero em redação implica a desclassificação dos candidatos. As vagas são todas para cursos presenciais, nas modalidades bacharelado, licenciatura e tecnológico, além da chamada área básica de ingresso: algumas universidades, ministram uma série de disciplinas básicas, para, depois de cursadas, ser feita a opção pela carreira. Por exemplo, na área básica de estudos sociais, o aluno pode escolher futuramente por História ou Geografia. Em ciências exatas, Matemática, Física ou Ciência da Computação, e assim por diante.

Parte das instituições que aderem ao SISU destinam parte das vagas oferecidas a políticas de afirmação social (para negros, índios, etc.). neste caso, as universidades acrescentam um bônus à nota obtida no ENEM, para efeito de classificação. Cada instituição tem suas próprias regras de seleção. O SISU apenas reúne, no portal do MEC, todas as vagas, para facilitar a escolha dos alunos. Os resultados são divulgados na Central de Atendimento (0800-616161) e no portal eletrônico do MEC (www.portal.mec.gov.br).

Os critérios de desempate do SISU são: nota da redação, linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas. A matrícula deve ser feita na universidade para a qual o aluno foi selecionado, por isso, deve-se ficar atento ao cronograma, para não perder a vaga. Existem vagas de espera, para o caso de o total de vagas não ser preenchido.

Alunos inscritos no SISU podem se candidatar também ao PROUNI, programa do MEC que oferece bolsas de estudo em instituições de ensino superior privadas, também baseado na nota obtida no ENEM, para alunos vindos de escolas públicas ou bolsistas integrais de escolas privadas. O desconto oferecido pelo PROUNI varia de acordo com a renda mensal da família do candidato. Não é possível fazer os dois cursos simultaneamente.

O último SISU ofereceu mais de 100 mil vagas, em 3.300 cursos de 95 instituições: 42 universidades federais, 13 estaduais e 39 institutos federais de educação profissional, além da Escola Nacional de Ciências Estatísticas, administrada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Na região Norte do país está o menor número de vagas: apenas 5% do total.

Deixe uma resposta