Curiosidades

O que é tai chi chuan?

Arte marcial chinesa, o tai chi chuan é mais conhecido como uma forma de meditação.

O tai chi chuan surgiu na China, no século VII, durante a dinastia Tang (618-916). Seu criador teria sido Chen Wangting. A arte se baseia no Taoísmo e está relacionada à medicina chinesa e ao I Ching, arte divinatória conhecida como “O Livro das Mutações”.

Publicidade

Atualmente, o tai chi chuan é praticado no mundo todo, em academias e mesmo ao ar livre. Originalmente foi um meio de autodefesa, mas os ocidentais, em especial, preferem usar o tai chi chuan como instrumento para meditar e tranquilizar a mente, mas na verdade ele é uma arte marcial, como o judô e o caratê: o treinamento inicial da luta era feito com movimentos lentos, tornando-se mais rápidos à medida que os discípulos progrediam.

A meditação, nesta arte, é o “não pensar em nada”, tarefa difícil, especialmente para quem vive nas grandes cidades e sofre estímulos constantes de todos os lados. A dica para praticar é: não brigue com os pensamentos que surgirem, mas não se apegue a eles.

Publicidade

Traduzir tai chi chuan não é uma tarefa fácil, pois os ideogramas que formam este nome têm mais de um sentido. Mas a tradução mais adequada seja “a luta pela elevação”. Tai chi significa elevação ou purificação e chuan é literalmente soco. De acordo com a tradição, a arte amplia a circulação da energia no corpo, promovendo bem-estar geral, ao equilibrar o yin e o yang.

O tai chi chuan é praticado com movimentos sincronizados com a respiração. O ritmo é sempre contínuo, sem uso de força física, o que garante um bom alongamento e relaxamento muscular. Seus movimentos suaves, que imitam a interação de animais com seus ambientes, auxiliam no relaxamento físico e mental e melhoram as atividades orgânicas, como a digestão e respiração.

São 37 os movimentos básicos do tai chi chuan, que podem ser combinados conforme os objetivos que se pretende alcançar: relaxamento, fortalecimento muscular, regularização da função cardiorrespiratória, etc.

A arte também beneficia o coração e a circulação sanguínea. Não há limite de idade para a prática, já que o tai chi chuan ajuda a flexibilizar as articulações. Aliás, muitos grupos de idosos usam os movimentos como forma de melhorar a saúde física e mental.

Educadores físicos consideram o tai chi chuan como um exercício aeróbico de baixo impacto, sem nenhuma contraindicação a priori. Pode ser praticado inclusive por mulheres grávidas, em turmas especiais (principalmente no terceiro trimestre).

Publicidade

Deixe uma resposta