O que é um vivíparo?

Por: Thalita Lopes

Na natureza em geral há seres que possuem características únicas e peculiares. E quando falamos de animais vivíparos por exemplo, nós, os seres humanos, nos integramos perfeitamente à elas. Saiba o que é um animal vivíparo, em que isso abrange os seres humanos pensantes e suas principais características no post abaixo!

Vivíparos

Biologicamente falando, classificamos os vivíparos como os animais que, quando embriões, são gerados dentro da placenta da mãe e são alimentados a partir de tudo o que o corpo da mãe ingere, diferentemente dos animais gerados externamente (ovíparos). Podemos classificar como vivíparos a maioria esmagadora dos mamíferos (e é aí que nós somos incluídos), assim como uma parte dos peixes, anfíbios e répteis e insetos.

O que é um vivíparo?

Na imagem vemos a cobra, exemplo de animal ovíparo.

Os animais ovíparos por sua vez são animais que podem ser gerados interna ou externamente, já que são gerados dentro de ovos logo após serem “expulsos” do corpo da fêmea. Mesmo dentro de ovos, os animais ovíparos conseguem se alimentar (ao contrário do que alguns pensam), e a sua alimentação é feita de maneira bastante curiosa: através de restos de comida e reservas de nutrientes presentes na parte interna da casca dos ovos.

A gestação dos vivíparos

Em grande parte dos casos (quase que em maioria absoluta), a fêmea dá a luz a uma única prole que nasce bem pequena. Essa é uma das características predominantes dos mamíferos. Ao fim da gestação também é possível que a fêmea dê luz a mais de uma prole, como no caso dos gatos e dos cachorros. Para realizar a reprodução, os animais vivíparos costumam relacionar-se apenas com animais da mesma espécie.

Você sabia que no mundo vegetal, plantas também podem ser vivíparas? Sim, elas são classificadas desta maneira quando as plantas germinam seus órgãos através do pericarpo (a parte que envolve as sementes), mas apenas quando o mesmo ainda é ligado ao seu caule.

 

O que é um vivíparo?

Na imagem vemos o canguru e seu filhote, típico animal vivíparo

Boa parte dos nossos animais de estimação costumam ser vivíparos (bem como os gatos e cachorros, já citados anteriormente, os hamsters, etc), e por termos tantas características em comum, há discussões diversas na ciência entre estudiosos que tentam mostrar ou não a capacidade desses animais de desenvolverem sentimentos por seus donos, ou se os mesmos agem apenas por seu instintos. Afinal, tendo a capacidade da fala ou não, quem iria reclamar se seu dono chegasse em casa, colocasse mais ração no pote e ainda, de graça, fizesse um cafuné?

Deixe uma resposta