Artes e Cultura

O que são Armaduras?

Armaduras são vestimentas especiais que protegiam as armas dos inimigos. As armaduras utilizadas na Pré-História, bastante simples, eram feitas de couro e conseguiam evitar ferimentos causados por lanças ou espadas rudimentares. Porém, com o desenvolvimento das armas, as armaduras também tiveram que evoluir.

Publicidade

Há mil anos atrás, os exércitos romanos contavam com profissionais especializados na fabricação de armaduras metálicas. Após a queda da Roma, no século V, a tarefa de fabricar armaduras passou a ser de ferreiros, consequentemente a qualidade decaiu.

Publicidade

No século XIV, inventou-se a armadura laminada, que era capaz de resistir a lanças, flechas e também a espadas. Mas essas armaduras eram inúteis contra balas de um fuzil e, assim, deixaram de ser usadas após o surgimento das armas de fogo. Hoje em dia empregam-se materiais especiais na fabricação de roupas a prova de bala, como plásticos e metais leves e resistentes.

Os cavaleiros do Século XV usavam uma armadura que cobria o seu corpo inteiro, ela era cuidadosamente articulada e permitia uma certa liberdade de movimentos. Pesava cerca de 30 kg, e impedia que a pessoa que a estivesse vestindo pudesse correr. As flechas ricocheteavam nas curvas do capacete, sob o qual se usava malha metálica, o peitoral era em cunha para desviar os golpes de espadas. A Cotoveleira protegia o cotovelo sem impedir os movimentos. A luva usada nas mãos era fabricada com diversos pedaços pequenos de metal, para permitir os movimentos da mão e do pulso. As joelheiras protegiam os joelhos e permitiam sua articulação.

Golpes na cabeça poderiam acabar provocando a morte, devido a isso, os capacetes foram os primeiros equipamentos de proteção, são utilizados até hoje. A sua forma variou bastante, porém a função permanece a mesma. Em combates era comum utilizar animais, como cavalos e cães, que eram protegidos também por armaduras.

Publicidade

Deixe uma resposta