O que são as correntes marítimas?

Por: Paula Campos

Há um movimento das águas oceânicas mais difícil de ser detectado com a simples observação, o das correntes marítimas.

As correntes marítimas são como “rios” dentro dos oceanos, com características próprias quanto a temperatura, salinidade, velocidade e direção.

O que são as correntes marítimas?

Os grandes responsáveis pela existência de correntes são os ventos e o próprio movimento de rotação da Terra. Mas, não são os únicos: diferenças de salinidade e temperatura e, também as linhas das costas continentais, podem alterá-las.

As correntes influenciam o clima do planeta e a piscosidade de áreas oceânicas. Correntes quentes, como a do Golfo que passa pelo Golfo do México, amenizam os invernos das ilhas britânicas e de parte da Escandinávia; correntes frias, localizadas próximas ao litoral de vários continentes, provocam precipitações no mar, fazendo com que os ventos cheguem praticamente sem umidade ao continente, sendo a principal causa do aparecimento de desertos nessas áreas.

Muitas pessoas desconhecem que a circulação de correntes frias e quentes entre a superfície e as profundezas é responsável pela renovação e continuidade da vida nos oceanos. Esse fenômeno é conhecido como ressurgência.

Correntes frias como as de Humboldt na costa oeste da América do Sul ou de Benguela na costa oeste africana, são responsáveis pela formação de desertos nos continentes próximos aos litorais, como o de Atacama no norte do Chile e o de Kalahari na Namíbia.

Essas correntes, por serem frias, resfriam a atmosfera junto ao oceano, fazendo com que ocorra a condensação da água existente nelas e causando a precipitação sobre as marés. Tradicionalmente, essas áreas são locais de formação de fortes nevoeiros. Tendo descarregado a umidade no oceano, as massas de ar chegam ao continente secas, levando à formação de desertos nesses locais.

Deixe uma resposta