O que são liquens?

Por: Ananda Manica

Os liquens são formados através da associação mutualística entre as algas e os fungos. O principal papel dos fungos nessa associação é absorver os sais minerais e a água do meio ambiente e repassar parte desta água para as algas que a utilizam para realizar a fotossíntese e produzir alimentos para ambos.

O que são liquens?

Eles são muito importantes, pois produzem o acido liquênico, que é capaz de dissolver rochas com o passar dos séculos, o que contribuir para transformar rochas em solo. A estrutura dos liquens é constituída por uma camada superior densa de hifas e outra interior. Na camada inferior, observam-se rizóides que são os prolongamentos dessas hifas para fixar os liquens sobre diversas estruturas ou substratos. Na região entre a camada superior e inferior dos liquens, podem ser observadas as gonídias, que são as células da alga, e também se observa mais hifas entrelaçadas.

A reprodução dos liquens é realizada de forma assexuada por fragmentação, liberando pedaços dos liquens, que possuem as hifas do fungo e as células da alga em associação. Estes fragmentos são denominados sorédios, e quando se destacam são arrastados pela força do vento, o que propicia o seu desenvolvimento em outro local, o que constitui também uma forma de disseminação de liquens.

Quando os liquens se associam com algumas cianobactérias, eles acabam auxiliando na fixação de nitrogênio, tornando-se bioindicadores de poluição, indicando a poluição do ar quando ela existir, a quantidade de metais pesados existentes em áreas industriais e etc. Certos tipos de liquens auxiliam na produção de corantes, como na do papel tornassol, utilizado para medir o pH de substâncias

São muito importantes para o ecossistema, pois são os primeiros microorganismos a se instalarem em locais sem vida. A coloração difere bastante, mas na maioria das vezes são verdes, ou amarelados, se acostumam em locais diversos, desde abaixo do gelo ou em desertos.

Deixe uma resposta