O que são Placas Tectônicas?

Por: hiper

Toda vez que acontece um terremoto os jornais não falam em outra coisa que não o movimento das placas tectônicas, porém, muitas vezes pode ficar um vago o que são essas placas e para que servem.

O que são Placas Tectônicas?

As placas tectônicas são porções da Crosta Terrestre, ou seja, da litosfera. Essas placas são limitadas por zonas de convergência e divergência. Basicamente a terra é formada por placas que interagem entre si. Essa interação constante é o que gera os terremotos, pois, é divido a isso que acontece os choques entre as placas.

Para se ter uma ideia das consequências dessa atividade geológica temos que ressaltar que nos limites dessas placas estão vulcões ocorrem terremotos. Isso explica por que em alguns lugares do mundo existem vulcões e acontecem terremotos, como por exemplo, o Japão (está numa região em que ocorre o encontro de placas tectônicas) e por que há lugares como o Brasil em que não existe vulcão e nem mesmo terremotos, o Brasil não se localiza no encontro das placas.

A geografia atual considera que existem 12 grandes placas tectônicas que podem se subdividir em placas menores. São elas: laca Eurasiática, Placa Indo-Australiana, Placa Filipina, Placa dos Cocos, Placa do Pacífico, Placa Norte-Americana, Placa Arábica, Placa de Nazca, Placa Sul-Americana, Placa Africana, Placa Antártica e Placa Caribeana.

A movimentação das placas é um fenômeno gerado pelos “correntes de convenção” que acontecem na astenosfera que está logo abaixo da litosfera. O que ocorre é que os materiais mais quentes como o magma se dirigem para cima e isso gera as correntes.

Deixe uma resposta